terça-feira, 26 de abril de 2011


Quase falara com ela, mas aqueles olhos haviam alterado o mundo para sempre no espaço de uma batida do coração.

2 comentários:

Luana Vignon disse...

também to lendo esse.

Adriana Brunstein disse...

não quero terminar...tô enrolando.